sábado, 15 de maio de 2010

Quero...


Quero sentir seu perfume em minha pele
O seu cheiro em meu travesseiro
Quero voar e sentir o vento da liberdade
Batendo em meu rosto, sem ter medo de voltar a realidade
Quero ser
Quero viver
Quero amar
Quero realizar
Quero sentir a chuva molhando meu corpo
Lavando minha alma,
Quero sentir a música me contaminar
Me fazendo dançar,
Como as ondas do mar.
Quero realizar
Quero amar
Quero viver
Quero ser...
Quero você.

6 comentários:

LUCIMAR SIMON disse...

Quanto querer... quanta vontade, enquant eu queria, vc quer tanto, enquanto estamos pensando vc ja foi, isso é bom, essa vontade ésse querer infinito, lindo texto, como linda é tua alma e tua vontade.

beijos Val

Hamilton H. Kubo disse...

Resume com simplicidade o deseja existir.
Desejar viver.
No entanto o viver, existir esta na realidade, como nos diz suas palavras, no coexistir.

E é bem verdade, por vezes para sentirmo-nos vivos necessitamos estar vivos para alguém.

Beijos, lindo como sempre!

Lu Nogfer disse...

Que lido Val!

Esse querer parece mesmo um bem-querer.
Um querer tao bem querido que nem as palavras explicam!

Espero que todo esse querer se realize!

Beijos amiga!
Tbm estava com saudades!

Nike disse...

Depois de um tempo sumida, é tão bom voltar aqui e ler esse texto lindo!
Parabéns meu anjo!
Saudades de nossas conversas!

Beijos no seu lindo coração

wallace disse...

Gostei do ritmo dos versos... Quase que dá música. Na verdade, acho que é bem musical... bjs!!!

ivone fonseca disse...

Funciona extamente assndo querendo para se ter..
adorei

bj grd t+