terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Adeus...



Como você pode ter partido sem me dizer adeus?


Sem me dizer que iria e nunca mais iria voltar?


Que nunca mais vou ouvir o som de sua voz?


Que nunca mais vou ouvir suas doces gargalhadas?


Gargalhadas de alegria, de felicidade, de vida...


Vida está que agora não existe mais no seu corpo que está para sempre sepultado estre paredes frias...


Assim como as doces lembraças sempre ficaram sepultadas em mim...


Ao ficar sabendo da sua partida ,chorei como a muito tempo não havia chorado.
Pensar que enquanto eu ria...
Festejava...
Brincava..
Você já tinha partido.

Me lembrei da ultima vez que ouvi sua voz


Seu sorriso


Sua gargalhada...


Quem irá agora sonhar seus sonhos?


Realizar seus planos?


E me contar suas realizações e conquistas?


Lembra da mensagem que você me mandou quando nos conhecemos?


"A amizade é a pagina mais linda da vida onde tudo passa, tudo acontece mas os bons amigos a gente nunca esquece"


Hoje sim eu sei o verdadeiro sentido dela....
E que nunca irei te esquecer...


Adeus.


(Meu amigo Charles morava em Brasilia, faleceu no dia 28 de novembro de 2008 de efisema pulmonar,aos 32 anos, seu irmão só conseguiu me avisar no dia 09 de Janeiro de 2009)
Autor: EU

1 comentários:

Lucimar Simon disse...

Nao diga "adeus" diga até mais, o peso desta palavra remete ao infinito, e nada é tão infinito assim.

Ate mais....