segunda-feira, 15 de junho de 2009

Shhh....

Shhh...
Silêncio...fale baixo, não grite para as pessoas que me escultou chorando baixinho junto com meu travesseiro...

Shhh...
Silêncio...fale baixo, não grite para as pessoas que me viu triste numa tarde de domingo...

Shhh...
Silêncio...fale baixo, não grite para as pessoas que escultou que já desisti do amor...

Shhh...
Silêncio...fale baixo, não grite para as pessoas que sabe que não quero mais me casar...

Shhh...
Silêncio, fale baixo, não grite para as pessoas que me viu pensando na vida como se tivesse apenas mais um dia...

Shhh...
Silêncio, fale baixo, não grite para as pessoas que descobriu, que de criança fui para a fase adulta sem mesmo saber o que era ser adolecente...

Shhh...
Silêncio, fale baixo, não está escultando??
São eles chegando, não grite para as pessoas que deixei de sonhar e que eles vão me levar para o mundo da realidade...

Shhh...
Silêncio, fale baixo, não grite para as pessoas...


2 comentários:

Lu Nogfer disse...

Bom depois de muito silencio,rs,vou falar beeem alto que adoro a maneira que escreve, tao criativa...e falar ainda que mesmo no mundo de realidades,nao deixe de sonhar,faz bem...
E faça de cada lágrima um motivo a mais para lutar pelo que almeja.Mesmo que seja por pirraça.rs

Uma otm semana recheada de coisas boas.

Forte abraço

Lucimar Simon disse...

Um belo texto, muito lindo e no silencio vamos nos escutando enos sentindo a cad momento o silencia as vezes fala por nós.

um grande beijo